É com muita satisfação que concluímos um ciclo de instalação com mais de 500 megawatts em geração de energia. Para isso, foi necessário um investimento de um bilhão e duzentos milhões de reais em infraestrutura nos nossos sete empreendimentos (cinco termelétricas e duas pequenas centrais hidrelétricas). Porém, o fato mais importante para que este marco se concretizasse foi uma forte sinergia da nossa equipe técnica qualificada e com gestão executiva eficiente.

Agora, não só a Global, como todo o país inicia um novo ciclo. Maiores investimentos serão feitos, garantindo infraestrutura e modernidade aos empreendimentos. A nossa meta é nos próximos três anos atingir a marca de 2 gigawatts, sempre com uma matriz energética diversificada, através da geração por óleo diesel, combustível, gás natural e hidrelétricas.

Como em qualquer empresa privada, nós visamos o crescimento coorporativo, entretanto, fazemos questão de preservar sempre os valores éticos, cumprindo com nossos contratos e prazos. Estamos constantemente atentos às questões ambientais, antecipando medidas compensatórias e mitigadoras já na elaboração e planejamento de todos os projetos do grupo.

Continuamos focando nos talentos humanos, acreditando na excelência em gestão para atingir os nossos objetivos. E por tudo isso, o Grupo Global se orgulha de hoje ser considerado fundamental para o setor energético do país, contribuindo para o desenvolvimento do Brasil, e, consequentemente, para a construção de uma sociedade melhor para todos.

Jones Aranha de Sá